quinta-feira, 22 de novembro de 2012


ASSISTÊNCIA SOCIAL
Combate à violência doméstica é tema de palestras em Porto Franco
Por iniciativa do Governo Federal, através de parcerias entre as Secretarias de Estado de Desenvolvimento Social e Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Porto Franco, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social-CREAS está acontecendo durante todo o mês de novembro, um ciclo de palestras e oficinas com o objetivo de promover o combate à violência contra mulheres. O tema da campanha deste ano é: “Uma vida sem violência é um direito das mulheres” Todo ano, é comemorado no dia 25 de novembro, o dia internacional da não violência contra mulheres, em Porto Franco a programação começou dia 06, só termina no dia 27.
Durante todo esse período, estão sendo realizadas oficinas e palestras educativas sobre o tema da campanha nacional. Profissionais da área como psicólogos e assistentes sociais foram convidados para orientar os participantes. Os encontros estão acontecendo em locais onde funcionam programas sociais no município como PET, PROJOVEN, CRAS e no CENTRO DE CONVIVENCIA DA TERCEIRA IDADE. Centenas de mulheres, que aceitaram o convite feito pela coordenação do CREAS participam das atividades desenvolvidas. Durante os eventos são distribuídos panfletos informativos para que levem para casa, todas as informações sobre os cinco tipos de violência contra mulher. Além disso, são repassadas orientações para mulheres que vivem em situação de violência.
Esta semana foram realizadas duas palestras no CCTI-Centro de Convivência da Terceira Idade. O público alvo foram mulheres de todas as idades do bairro entroncamento. Na terça-feira dia 20, às 9h00 e quarta-feira dia 21, também de manhã.
Nesta sexta-feira, dia 23, está prevista uma palestra que será realizada no CRAS da Vila Lobão, a partir das 15h00 (três da tarde) com participação do Dr. Sergio Mota.
A programação de encerramento está prevista para terça-feira no CRAS Alzira Mourão, na Vila Cibrazem, com palestra a ser ministrada pela Assistente Social Paula Chayanne.

*Por Nardele Oliveira- Da Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...