sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013


Nardele Oliveira conquista programa diário na Rádio Líder de Tocantinópolis
Há 11 meses apresentando o Programa Microfone Aberto aos sábados na Rádio Líder FM 96,1 o locutor e apresentador Nardele Oliveira, 39 anos acaba de conquistar o espaço de duas horas diariamente na programação matutina da emissora. O formato do programa permanece o mesmo que era feito semanal. Voltado para o jornalismo local, regional, estadual e nacional com prestação de serviços e utilidade pública.A estreia do novo horário está prevista para esta segunda-feira dia 18 de fevereiro.
Nardele Oliveira é radialista há mais de 21 anos, registrado no Ministério do Trabalho há 9, tendo iniciado a carreira justamente em Tocantinópolis-To em 1991 na extinta Rádio Tocantins AM. Com passagem por importantes emissoras no estado do Maranhão, Nardele atuou como apresentador e repórter nos telejornais das TVs Nativa, Mirante, Difusora e CRC-Band em Imperatriz, TV Mirante de Açailandia e Estreito. Também exerceu cargo de Assessor de Comunicação Social nas prefeituras de Campestre, Gov. Edison Lobão (onde também instalou e administrou uma rádio comunitária no ar até hoje), Estreito, Porto Franco e São João do Paraíso.
Na rádio Líder a estreia foi dia 3 de março de 2012 onde permanece fazendo seu programa aos sábados das 8h00 as 10h00. Com a nova fase do programa, o apresentador ocupará o espaço das 7h00 as 9h00 de segunda a sexta-feira.
A Rádio Líder é uma emissora educativa que pertence à rede Líder de Rádio com emissoras em Colinas e Paraíso-To. O sinal da emissora na frequência de 96.1 com três kilowts de potência cobre 32 municípios nos estados do Tocantins e Maranhão.
Da Redação

6 comentários:

  1. nardele como faço para ouvir a radio de tocantinopolis to moro no rio de janeiro e sou de porto franco ..att ionete

    ResponderExcluir
  2. oi nardele como eu fasso pra ouvir seu progama pelo facebook

    ResponderExcluir
  3. nardele você acha certo esse recesso da saúde de porto franco,nesse momento de agitação,exporfran gente de fora, trânsito mais intenso.O atendimento já não é essas coisas e agora?

    ResponderExcluir
  4. olá Nardele, sou de Santa Terezinha, e gostaria de pedir ajuda pra vc. aconteçe que no ano passado, ainda no mes de junho, fui contemplado com uma casa do Programa Minha Casa Minha Vida, quem me deu foi o prefeito anterior, cheguei a assinar o contrato, participar das reuniões e tudo, acontece que agora, a nova prefeita chegou em minha mulher e disse que ela não iria mais fazer minha casa, pois eu não tinha perfil, acontece que sou vigia, tenho tres filhos inclusive um é portador de uma doença e toma remédios controlados, então nao entendi, pois meu salario é apenas 600,00 reais. uma pessoa da prefeitura me informou que ela substituiu meu cadastro por um de uma familia que mora aí em tocantinopolis, o nome da senhora é maria lenice, esposa do antonio maguim, acontece que essa senhora possue casa propria em tocantinopolis, ela mora na mesma rua que vai pro bar do bira. o que aconteceu é que eu não votei na prefeita, e essa senhora pra quem ela deu minha casa votou com a promessa de uma casa aqui no municipio, estou te pedindo ajuda, pois não sei qual o primeiro passo a tomar, se vou no ministerio publico ou na camara de vereadores. me ajude nardele. por gentileza. meu nome é Cidiney, sou vigia concursado em um colegio do municipio.

    ResponderExcluir
  5. Resposta da Prefeita Itelma

    Querido Nardele a nossa gestão não fez nenhum cadastro de pessoa para receber casas, esses beneficiários foram enviados na questão anterior do ex-prefeito Kleibson Belarmino de Sousa e
    quem seleciona é o ministério das cidades de acordo os critérios do programa Santa Terezinha tem uma meta de 40 casas no entanto o ministério junto ao Banco Paulista enviou a todos os prefeitos que tem esse projeto com a empresa Savana de Palmas a ordem de serviço a qual assinei em 5/07/2013 onde somente foi autorizado 39 casas de acordo o chefe do banco esse cidadão esta ainda com o cadastro no ministério e quero ressaltar que não tenho nesse projeto nenhum vinculo financeiro, somente como gestora atual dou a minha contribuição e apoio a empresa com a assistente social do Município. Para ter uma idéia existe dois beneficiários na lista de ordem de serviço que não se enquadram no programa e minha assistente fez o parecer discordando, mas mesmo assim não foi retirado isso prova que não tenho nada a ver com a não aprovação da casa desde jovem Cidiney. Acredito que essa avaliação deve ter sido feita quando o mesmo exercia cargo de confiança na saúde municipal da gestão anterior. Caso queira maior esclarecimento ligue para empresa responsável que ela dará maiores informações fale com Tina Savana. Os pareceres dos contratos repassados aos ministério da cidade foram feito pela assistente social do ex-prefeito Coracy, Só para vc ter uma idéia há na lista de ordem de serviço um rapaz solteiro filho de uma professora Estadual que tem fazenda,e no período dos cadastro um bom emprego em Palmeiras do Tocantins, chamado Kleudione Nogueira dos Santos e um senhor chamado Raimundo Ramos da Silva que além ter ter casa própria é proprietário de fazenda e se fosse por perseguição não estaria na lista pois jamais como gestora irei tirar um beneficio de quem precisa estou apenas erdando as tamanhas falta de responsabilidade do gestor anterior, que está sendo notificado com decisões judiciais e federais veja na integra o que o juiz de Tocantinópolis determinou em 09 de julho de 2013 está no site www.santaterezinha.to.gov.br. Só para vc ter uma idéia da gravidade desses cadastros os prefeitos atuais fizeram reunião com ministério público e deputados para averiguar a situação das ações junto as empresas responsáveis pelo programa e já há informação que todos os cadastros feitos não só em Santa Terezinha mais em outras cidades foram apreendidos pela polícia federal, tendo em vista as irregularidades de alguns gestores anteriores, informação essa repassada pela assistente social da Savana, fato este que comprova que não tenho nada a ver com a retirada da casa desse jovem e que essa denuncia é infundada e que nem as casas do pac I foram terminadas que iniciaram há quase 4 anos, é por isso que os gestores atuais não devem pagar pelo erro dos anterios, agora acredito que vai terminar pois me coloquei a disposição para ajudar tanto no recebimento e entrega dos materiais, sendo que os recursos que vieram é de responsabilidade da empresa , nós gestores temos que ser parceiros e gestores atuantes e fiscalizar os responsáveis pelas obras e não tenho dúvida que farei uma boa gestão para construção das 39 moradias que irá ser feita na minha gestão e que jamais vou omitir qualquer situação à imprensa e que se há alguém que errou não fui eu de enviar cadastro não verdadeiros para o ministério das cidades, pois quando os mesmo foram enviados eu não era prefeita apenas a corajosa e lutadora professora Itelma que será justa sempre, pois a minha missão é de Deus nesta cidade e não de perseguição. Estou à disposição para maiores esclarecimento.

    Prefeita Professora Itelma,

    ResponderExcluir
  6. Foi uma ótima experiência.. obrigado Marco Pimenta

    ResponderExcluir

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO