terça-feira, 7 de maio de 2013


tocantins/TURISMO
Governo promete levar infraestrutura a 14 municípios do Estado no período de veraneio, Aguiarnópolis está fora da lista
Faltando pouco mais de dois meses para começar o período de férias, o Governo do Tocantins lançou dia, 22 de abril, o projeto para a Temporada de Praias 2013 com o tema “Tocantins de braços abertos”. A solenidade ocorreu no Palácio Araguaia e contou com a presença de prefeitos, secretários municipais de turismo, parceiros institucionais e secretários estaduais.
A partir de estudos técnicos, a Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins (Adtur) dividiu em dois grupos os 14 municípios com temporadas de praia no Estado. No grupo A estão os municípios mais visitados: Peixe, Pedro Afonso, Caseara, Araguacema, Araguatins e Araguanã. No grupo B estão Porto Nacional, Juarina, Lagoa da Confusão, Paranã, Tocantinópolis, Filadélfia, Formoso do Araguaia e Itaguatins.
RETALIAÇÃO
Mesmo sendo um dos municípios com grande número de turistas visitando e frequentando a praia da Ilha Cabral no período de veraneio, Aguiarnópolis está fora da lista do governo. O motivo pode ser justificado pelo fato de o prefeito da cidade Ivan Paz-PT, ser oposição ao governo do estado. Ele foi eleito em 2012 depois de derrotar nas urnas, o então prefeito Zequinha Cabral-PSDB, que era apoiado e referendado pelo governador Siqueira Campos.
Na ocasião da solenidade de lançamento, foi apresentado o projeto que contempla infraestrutura completa  para as praias, com banheiros, estação de tratamento sanitário, caixas d’água, pias, barracas (comerciais, institucionais e de sombreamento), palco, área de camping, área de estacionamento, pier, sinalização da área de banho, área para práticas esportivas, academias ao ar livre e entrega de kits de utilidades para os turistas.

Dentre os serviços que serão disponibilizados estão: internet wireless, cyber-tur, rádio-tur, site com informações e programação para os mais diversos públicos, Semana da Família Local, ações de destinação adequada do lixo. O Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (CDE) também vai investir R$ 2 milhões na temporada. O Projeto Rondon-Tur para integração da comunidade e universidades será desenvolvido por universitários de diversas áreas da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins (IFTO). 
Também são parceiros da iniciativa o Ministério do Turismo, Banco do Brasil, Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins (Faet), Saneatins/Foz, Federação das Indústrias do Tocantins (Fieto), Banco da Amazônica, Serpro, Fecomércio e Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO