terça-feira, 11 de agosto de 2015

MA-CAMPESTRE DO MARANHÃO / POLÍTICA

Vereador critica jornal que fala de nepotismo e chinga parlamentares  
O vereador Albiner de Aguiar Gomes-PCdoB de Campestre do Maranhão, usou expediente na Tribuna da Câmara para defender o parlamento local de críticas tecidas através de jornal de circulação trimestral intitulado Primeiro Jornal. O noticioso é de responsabilidade do ex-vereador Cicero Miranda-PDT.
Na edição de agosto o jornal traz matérias que insinuam a existência de nepotismo na Prefeitura de Campestre e afirma que os vereadores fazem vista grossa para o assunto. Albiner disse em discurso que não apoia prática de nepotismo, mas, pediu ao editor do jornal que mostrasse as Leis que proíbem esta prática e que citassem em que circunstancias a prefeitura local estaria incorrendo nessa prática, lembrando que nem sempre o fato de o prefeito nomear parante, significa nepotismo, segundo súmula do Supremo Tribunal Federal.
Cicero Miranda o dono do jornal, mas, que não assina nenhuma matéria publicada, apenas responde pela pessoa jurídica e pelo editorial é sobrinho do ex-prefeito José Miranda (já falecido). Miranda foi prefeito entre 1997 a 2000 e teve vários parentes ocupando cargos na prefeitura entre eles filhos e sobrinhos : Secretario de Finanças, Tesoureiro, Secretario de Obras, e Secretara de Assistência Social. Na gestão do ex-prefeito Emivaldo Macedo entre 2009 a 2012 parente também ocuparam cargos de confiança na gestão, mesmo coisa que ocorreu no governo do prefeito Murilo Sousa entre 2001 a 2004 e posteriormente no segundo mandato de José Miranda entre 2005 a 2008. 
Em nenhum desses mandatos a presença de parentes dos gestores foi questionada o que leva a crer, que as publicações recentes trazem insatisfação com a atual gestão ou pretensões futuras na disputa eleitoral. Para finalizar o discurso Albiner Aguiar chamou a prática de questionar o assunto na ante-véspera das eleições municipais de "Morde e Assopra",

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO