segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

MA-BARRA DO CORDA / CRIME
Filho do ex-prefeito de Barra do Corda Manoel Mariano nega ser autor do crime
O filho de Manoel Mariano, Júnior, acusado de ser o autor do assassinato do pai em Barra do Corda-MA segue negando a autoria do crime. Ele está preso no Centro de Triagem em Pedrinhas após ter sido transferido ontem do interior para São Luís.
Segundo a Superintendência de Homicídios, que apura o caso, não há por enquanto outra versão a ser seguida, que aponta Mariano Júnior como o principal suspeito do assassinato de Nenzin. Ele seguirá preso de forma temporária pelos próximos 30 dias e deverá ser solicitada, nos próximos dias, a conversão de sua prisão em preventiva.
De acordo com o delegado-geral da Polícia Civil, Leonardo Diniz, novos depoimentos deverão ser colhidos nos próximos dias. “Vamos fechando o cerco até entender com mais precisão o que aconteceu”, disse.
Segundo o delegado Lúcio Reis, Mariano Júnior estaria roubando cabeças de gado do próprio pai que, ao descobrir a fraude, foi morto. Nenzin chegou a ser socorrido, após receber um tiro no pescoço, mas morreu horas depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO