terça-feira, 6 de novembro de 2012


CRIME POLÍTICO

Acusado de executar vereador em Barra do Corda é preso em Goiás

Um elemento, por enquanto, identificado apenas como “Jonas” está preso no estado do Goiás, resultado do trabalho das policias do Maranhão e do estado de Goiás.
Ele é acusado do assassinato do vereador e então candidato à reeleição de Barra do Corda, Aldo Andrade (PSDC), ocorrido no último dia 22 de setembro, poucos dias antes de 7 de outubro, quando foi realizado as eleições 2012.
Ele morreu no inicio da noite, em lava-jato em Barra do Corda, quando se encontrava em companhia de um irmão e foi alvejado por vários tiros. Durante o crime um borracheiro também foi atingido e também morreu.
A morte do vereador Aldo, que fazia oposição ao atual prefeito do município teve muita repercussão, e chegou a ser atribuído a questões políticas.
Outros dois elementos acusados de participarem do crime também se encontram presos. Os acusados deverão ser transferidos para capital onde deverão ser apresentados à imprensa.
No dia do crime o vereador estava chegando ao lava jato do Genival, no Bairro Altamira, e quando desceu de seu carro foi alvejado por quatro tiros, dois na nuca e dois no tórax, disparados por duas pessoas que estavam em uma moto.
A outra vítima, Almir, era proprietário da Borracharia Lilian, que fica ao lado do lava jato e também foi alvejado por vários tiros.
Edinaldo Andrade, irmão do vereador que estava o acompanhando no carro, socorreu as vítimas levando-as ao Hospital Edison Lobão. O vereador morreu no local do crime e o borracheiro faleceu assim que chegou ao Hospital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO