quinta-feira, 8 de novembro de 2012


Por João Rodrigues
Quatro pessoas presas sob a acusação de participar da quadrilha que sequestrou Pedro Paulo Lemes, de 4 anos, em Imperatriz(MA),em junho deste ano foram ouvidas nesta quarta-feira (07) , à tarde, pela Justiça, na primeira audiência de instrução e julgamento sobre o crime. Três testemunhas também prestaram depoimento sobre o caso.
A audiência foi presidida pelo juiz Welington Sousa Carvalho (4ª Vara Criminal) no Fórum Henrique de La Rocque. Um defensor público foi nomeado para os acusados enquanto que o Ministério Público atua na acusação. Um advogado também atuou como assistente de acusação.
Foram ouvidos quatro dos acusados pelos crimes de sequestro qualificado e formação de quadrilha, dentre eles Antonio Diacoí, ex-funcionário do pai do menino e mentor intelectual do sequestro ocorrido entre o final de junho e a primeira quinzena de julho. A criança foi mantida refem por 14 dias até ser libertada após a familia pagar o resgate. Quatro pessoas foram presas logo após a libertação do menino e pelo menos duas ainda está foragidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO