quarta-feira, 16 de janeiro de 2013


Prefeito de Campestre deve decretar estado de emergência
 
 Pela segunda vez este ano a cidade de Campestre ficou parcialmente submersa depois da forte chuva que caiu na região sul do estado.
Ruas que foram recentemente recuperadas pela prefeitura ficaram complemente destruídas e intrafegáveis. Um trecho da Rodovia Belém Brasília ficou encoberto pela água represada. Um rio se formou na Avenida Bernardo Sayão, casas foram invadidas, pessoas ficaram ilhadas e impedidas de sair.
O lixo arrastado pela força da água formou uma ilha no meio da rua, que estava submersa. Quem arriscou sair de casa, teve dificuldades para passar no local e teve de fazer um desvio seguindo por outras ruas.

O prefeito da cidade Valmir Morais saiu de casa durante à chuva para vê in-loco a situação das ruas, concluiu que tudo que já estava acabado e os trechos recentemente recuperados ficaram pior, sendo necessário uma operação urgente, e não descartou a possibilidade de decreta situação de emergência.
Para resolver o problema das ruas a prefeitura deve usar recursos próprios para fazer serviços de encascalhamento. Mas, para acabar com a represa que se forma na Avenida Bernardo Sayão ter de cobrar mais uma vez do DENIT, para que seja feita a colocação de bueiros com maior vazão permitindo a passagem da água de um lado para o outro. 
Como os bueiros atuais são pequenos a passagem da água fica reduzida causando transtornos e incômodos para quem mora na área.
Para o secretário de Infraestrutura José Morais, uma visita ao Diretor do DINIT em São Luis está sendo agendada ainda para esta semana, a intenção é convencer o funcionário do órgão a encontrar uma solução urgente para resolver de vez este problema que já se arrasta há anos e continua sem nenhuma solução.
Por Nardele Oliveira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...