segunda-feira, 8 de abril de 2013


VÂNDALISMO
Vândalos destroem hidrômetros em Estreito. Polícia já tem suspeito

Em Estreito os trabalhos de investigação feitos pela Policia Civil a fim de descobrir e prender os envolvidos na ação de vandalismo praticada na madrugada de sábado para domingo, dia 7 de abril, que resultou na destruição em massa de mais de cem unidades medidoras de água (hidrômetros)da rede de distribuição de água do SAAE-Serviço Autônomo de Água e Esgoto estão bastante avançadas. Cerca de 1 milhão de litros de água foi desperdiçado com os vazamentos provocados com a destruição.


Ação dos vândalos foi praticada em diversas ruas e teriam sido a participação de pelo menos duas pessoas, conforme denúncias anônimas que estão chegando à autarquia. De acordo com imagens feitas por câmeras de segurança de um estabelecimento comercial instalado no centro da cidade, uma moto teria sido usada no deslocamento dos criminosos de um lugar para outro.
Equipes de campo do SAAE passaram todo o domingo fazendo manutenção nas redes atingidas pelos infratores. 
Na manhã desta segunda-feira ,(8) o Diretor do SAAE Sr. Luis Junior acompanhado de advogados da autarquia registraram Boletim de Ocorrência na Delegacia da Polícia Civil do município, ocasião em que foram entregues imagens dos suspeitos e fotos dos locais destruídos, afim de prender os envolvidos.
A direção da autarquia divulgou números de telefones para receber denúncias que possam levar à prisão dos criminosos.Se alguém tiver visto ou souber de alguma informação a respeito entrar em contato através dos telefones 3531-6240 ou 9193-5959.
De acordo com o Artigo 163 do Código Penal Brasileiro o autor desse tipo de delito fica sujeito a prisão e multa, por danos ao patrimônio público. A pena varia de seis meses a três anos de detenção, além das agravantes.
Fonte: ASCOM-SAAE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

ESTAMOS VOLTANDO