terça-feira, 21 de maio de 2013

NÃO DEU OUTRA
Saneatins é multada em 120 mil por crime ambiental em Tocantinópolis
Depois de várias denúncias nos meios de comunicação de Tocantinópolis, a empresa SANEATINS foi multada em R$ 120 mil por prática de crime ambiental. No início dessa semana moradores que vivem nas margens do Riacho Ribeirãozinho denunciaram em vários meios de comunicação a existência de uma rede de esgoto despejando dejetos no riacho. A notícia ganhou conotação ao ser repercutida no programa Microfone Aberto da Rádio Líder FM na manha desta terça-feira.
Segundo uma fonte, fiscais do Naturatins foram até ao escritório da empresa de saneamento onde teriam aplicado uma multa de mais de cem mil reais pela prática de crime ambiental como a imprensa revelou.
Ainda de acordo com a fonte, o auto comando da empresa acionou o Gerente Operacional em Tocantinópolis engenheiro Victor Cezar Bernasconi para uma reunião em Palmas-To.
Mais tarde um telefone teria sido recebido de Brasília, onde alguém pediu tranquilidade sobre o caso e que tudo estaria sendo resolvido dentro das normas legais.
Agora veja o que consta no site da empresa sobre sustentabilidade e meio ambiente:
Prover Sustentabilidade, por meio de seus ativos e operações, é o negócio da Foz | Saneatins e da Odebrecht Ambiental. As questões de Sustentabilidade são vistas como compromissos prioritários e indissociáveis na condução dos nossos Negócios, asseguradas pelo comprometimento da nossa empresa e dos nossos integrantes, principais agentes propulsores desses compromissos, na execução de projetos ambientais que promovam a proteção ao meio ambiente e contribuam para uma melhoria das condições de vida e bem estar social.
A Política de Sustentabilidade da Odebrecht Ambiental que permeia suas operações está baseada em três pilares: Universalização, Eficiência e Valorização.
A Universalização significa colaborar para que o Brasil atenda 100% de uma população com água potável e esgoto tratado, cumprindo o compromisso de promover saúde e qualidade de vida nas comunidades onde as nossas operações estão inseridas. A Foz | Saneatins, junto com o Governo do Estado do Tocantins e Agência Tocantinense de Saneamento - ATS, abraçou o grande desafio de, até 2017, fazer do Tocantins o primeiro estado no Brasil a universalizar a distribuição de água tratada e a coleta e tratamento de esgoto, trabalhando de forma sustentável. Para isso, a Companhia vem estabelecendo parcerias com as prefeituras para apoiar os municípios no desenvolvimento dos Planos de Água e Esgoto, além de executar obras expansão da rede em todo o Estado. Serão investidos R$ 700 milhões nos próximos seis anos. 
A Eficiência é oferecer nossos serviços com o maior percentual de aproveitamento e otimização dos recursos, mitigando assim os impactos gerados às comunidades e ao meio ambiente.

O elemento que completa o tripé da Sustentabilidade é a Valorização. Refere-se tanto ao valor agregado à sociedade pela preservação da água (para consumo da população e para a atividade produtiva), tratamento de efluentes e resíduos, quanto à valorização da empresa perante seus acionistas, de modo que se possa permanentemente reinvestir seus resultados em novos projetos, gerando assim oportunidades de trabalho e renda diretamente a seus integrantes e fornecedores e, indiretamente, às populações das comunidades onde atua.
A estrutura de Sustentabilidade da Odebrecht Ambiental abrange as áreas de Inovação e Tecnologia, Meio Ambiente, Qualidade, Responsabilidade Social, Saúde e Segurança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...