quinta-feira, 23 de maio de 2013


POLÍCIA
Gerente de loja acusado de participação em assalto forjado é inocentado e não foi preso
A funcionária da loja de Magazine Liliane filial de Estreito negou em depoimento que o gerente da loja onde ela trabalha, tenha participação no assalto que ela e um cabeleireiro forjaram na tarde da última quarta-feira.
Ela foi presa depois de ter sido assaltada na porta de uma agência  bancária na Av.Tancredo Neves. O assalto segundo a polícia foi forjado entre a suposta vítima (tesoureira da empresa Liliane) e o assaltante (um cabeleireiro). No momento em que teve a bolsa tomada pelo homem, a tesoureira estava deixando a agencia onde teria ido fazer um deposito de 30 mil reais, o que não concluiu, retornando com o dinheiro dentro de uma bolsa.
O assaltante embargou em moto-taxi e seguiu para casa onde permaneceu até ser preso por uma equipe de inteligência da polícia militar. Na delegacia ele disse que tudo foi combinado com a vítima no dia anterior, ocasião em que ela foi ao local de trabalho dele para fezer um tratamento nos cabelos.
Depois d éter sido presa a tesoureira da loja disse em depoimento que o gerente da empresa também sabia de tudo. Ele foi levado à delegacia para prestar esclarecimentos e fiou provada sua INOCÊNCIA, tendo sido liberado na madrugada de quinta-feira.
A tesoureira e o cabeleireiro continuam presos à disposição da Justiça. A quantia levada da loja ainda não foi recuperada, mas, buscas estão sendo feitas nesse sentido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...