quarta-feira, 29 de maio de 2013

POLÍCIA/JUSTIÇA
Homem acusado de estuprar enteada em Porto Franco se defende e diz ser inocente
O motorista Antonio Pereira Diogo, 64 anos, morador em Porto Franco, acusado de manter relação sexual com uma enteada menor de idade, procurou os meios de comunicação para se defender das acusações feitas pela mãe da garota, a ex-esposa com quem ele conviveu por um período de treze anos.
Antonio Diogo disse há cerca de quatro meses está em processo de separação da esposa, por causa disso estão dividindo o único bem do casal, uma casa localizada na Rua Travessa Carolina em Porto Franco. Além disso, ele falou ser dono de uma Van. O carro está locado para a Prefeitura de Porto Franco  fazendo transporte de estudantes.
Diogo ainda acrescentou que a separação do casal está sendo motivada por traição da esposa Irani de Sousa Araújo de 34 anos.
Quanto às denúncias de estupro contra a enteada ele se defendeu dizendo que tudo é armação da esposa e da menina no intuito de desestabilizar o processo de separação a fim de ficarem com todos os bens do casal. O acusado disse também que a enteada mantinha casos com um pastor evangélico e outros homens da cidade, além de um irmão dela, e que a repreendia por este comportamento inadequado.
*Por Nardele Oliveira










Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...