sábado, 22 de junho de 2013

Atendendo pedido de universitário este blog publica texto sobre manifestações em Tocantinópolis
Na quinta-feira, 20/06 às 17h em Tocantinópolis, manifestantes que tiveram como influência os atos que estão ocorrendo em todo o país, se reuniram na Praça Darci Marinho e depois caminharam pelas ruas da cidade pedindo e reivindicando melhores condições de vida, das quais eram: A taxa abusiva da Saneatins; Mais investimentos na saúde pública e recuperação do Hospital Municipal José Saboia; Contratação e valorização dos profissionais das áreas da saúde, educação e segurança pública; Pela revisão dos impactos da Usina de Estreito; Por obras de infraestrutura nas estradas do Bico do Papagaio e pavimentação da TO-126 que liga Tocantinópolis à Itaguatins; Por melhorias na estrutura da UFT e novos cursos de acordo com a demanda pública; Inclusão social e respeito à cultura Apinajé; Cobrança da construção da ponte entre Tocantinópolis e Porto Franco; Investimentos em cultura e lazer para a juventude e idosos; Construção do Parque de Exposições Agropecuária e Construção do Hospital Regional de Tocantinópolis etc.
Quando passavam pelas ruas, as pessoas que estavam nas calçadas seguiam a manifestação aumentando mais ainda o número de participantes. Ao passarem em frente da empresa Foz|Saneatins pediram um minuto de silêncio decretando ali a falência da empresa em de todos os seus consumidores, como sabe-se, a Saneatins vem cobrando uma taxa abusiva pela coleta de esgoto em nosso município, que chega a 80% em cima do consumo de água, ou seja, se você paga R$100,00 na tarifa de água é acrescentado mais 80%, ficando a fatura em torno de R$180,00 reais.
Também em frente ao fórum pediram com palavras de ordem agilidade e mais atenção aos crimes cometidos em Tocantinópolis nos últimos anos, que foram os assassinatos do Professor Cleides Amorim, Audry Carvalho dentre outros, que até a presente data não foram elucidados.
Diante de todo esse movimento, nota-se que a população tocantinopolina está querendo mudança e principalmente respeito por parte das autoridades competentes. Tocantinópolis de uns anos pra cá, perdeu boa parte de seus munícipes, devido ao fato do município não está oferecendo oportunidades nas áreas da educação, emprego, saúde e qualidade de vida. Vemos quase todos os dias famílias chorando tendo que ver seus filhos indo embora para outras cidades em busca de novas oportunidades, pois aqui não se oferece.
Tocantinópolis tem mais de um século e meio de existência e continua no atraso. Não se deve levar em conta, dizer que a BR 153, mais conhecida como Belém-Brasília não corta o nosso município e com isso o progresso passa longe daqui. Vemos muitas cidades que a BR 153 passa e estas não são desenvolvidas; quando se quer realmente o progresso para seu município corre-se atrás seja onde for, pior é ver as pessoas irem embora de sua cidade e procurar oportunidades e melhoria de vida em outras.
É bem verdade que, o Parque de Exposições de Tocantinópolis não funciona como deveria e nem oferece condições para que possamos frequentá-lo, ou seja, muitos já prometeram a sua construção, mas nada foi feito. E quem sempre perde com isso é a cidade, pois deixa de oferecer lazer e entretenimento à população. Sem falar nas arrecadações que o município viria a ter com este empreendimento. Esperamos um dia vê-lo construído e poder se sentir orgulhoso de participar e de levar a nossa família a uma verdadeira exposição agropecuária que tanto sonhamos e merecemos ter.
Já em relação aos profissionais da educação, os que se faziam presentes, pediram mais atenção, reajuste de salários e o cumprimento do piso salarial, pois meses atrás tiveram cortes em seus salários.
A manifestação ocorreu perfeitamente bem sem vandalismo e teve a colaboração da Polícia Militar que na oportunidade, fez com que o trânsito fluísse não ocasionado engarrafamentos e nem transtornos.
Esse manifesto mostrou uma sociedade que visa novos rumos e principalmente reforçar que o povo é quem decide, não basta só prometer, pois ninguém vive de promessa. É preciso ter atenção para com a cidade e fazer melhorias para que a mesma possa desenvolver-se e ensejar oportunidades igualitárias para todos.
Lembrando que não estou defendendo ou mesmo denegrindo nem A nem B, apenas expondo a dura realidade que nosso município vem vivenciado ao longo dos anos.
Vale a pena reivindicar pelos seus direitos, por isso #VEMPRARUA você também!
*Por Dirceu Leno-Universitário 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...