sexta-feira, 29 de maio de 2015

MA - GRAJAÚ / SEQUESTRO

Índios Guajajara mantém funcionárias do estado como reféns em Aldeia
No município de Grajaú-MA, índios da Aldeia Apertado, próxima ao povoado Matusalém, mantém duas funcionárias da secretaria de Estado da Educação feitas reféns. As duas estão em poder dos indígenas desde o fim da tarde de quarta-feira (27). Uma das funcionárias é lotada na regional da secretaria de Barra do Corda.
O Cacique da aldeia informou por meio de carta que as funcionárias estão sendo bem tratadas e so devem ser liberadas depois que houver negociação com a SEDUC. Os índios protestam contra as condições das escolas da aldeia, atraso na liberação de repasses e o transporte da região que é precário, segundo eles. Além disso, eles dizem que o Censo Escolar não é feito dentro das aldeias. Outras duas pessoas que também eram mantidas refém foram liberadas ontem.
Foto: Ilustrativa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...