terça-feira, 7 de julho de 2015




MA-BALSAS/HOMENAGEM 

Se estivesse vivo o ex-governador Luiz Rocha teria feito aniversário de 78 anos de vida 
Luiz Rocha 
O aniversário de nascimento do ex-governador do Maranhão, Luiz Rocha foi ontem, segunda-feira (6). Se estivesse vivo, o ex-governador que também foi prefeito de Balsas, deputado estadual e federal teria completado 78 anos de idade. A data foi lembrada nas redes sociais por um dos filhos, o atual senador da República Roberto Rocha, que escreveu o seguinte: "Hoje seria o aniversário do meu pai, meu melhor amigo. Estaria completando 78 anos. Saudades"!
Luiz Rocha nasceu no dia 6 de julho de 1937 de família pobre em Balsas, e se mudou com alguns membros da família para São Luís nos primeiros anos de vida. Na cidade, estudou e se formou em direito pela Faculdade de Direito de São Luís.
Entrou na vida política ao ser vereador de São Luís. Em seguida, foi eleito deputado estadual e depois deputado federal.
Em 1982 candidatou e foi eleito governador do estado do Maranhão, o primeiro a ser eleito no Maranhão após o fim do regime militar, assumindo o governo em 15 de março de 1983.
Em 1985 decretou situação de emergência no Maranhão, devido as enchentes no estado, entre maio a julho, ocorrida nos rios Itapecuru e Mearim, recebendo a ajuda do Governo Federal e estados vizinhos.
Em 15 de março de 1987 deixou o governo para Cafeteira. Em 1996, quase 10 anos sem nenhum cargo, se candidatou à prefeitura de Balsas, vencendo no 1º turno, assumindo o cargo em 1 de janeiro de 1997.
Na prefeitura, teve umas das melhores administrações bem avaliada, com melhorias nas áreas da saúde, educação, infra-estrutura, segundo publicações de jornais da época.
Em 1º de janeiro de 2001, deixou a prefeitura para se tratar em São Luís.
Em 8 de março de 2001 morreu vitimado por falência múltipla dos órgãos, em decorrência do diabetes, no UDI Hospital no Centro de São Luís.
Na madrugada até manhã do dia 9 de março, o corpo foi velado na Assembléia Legislativa, por iniciativa do presidente da Casa, o deputado estadual Manoel Ribeiro, em seguida, a urna funerária foi levada ao aeroporto Hugo da Cunha Machado (ou Tirirical), de onde seguiu para Balsas, no início da tarde, chegando horas depois. A governadora Roseana Sarney decretou luto estadual por 3 dias e a morte repercutiu tanto no nível no Maranhão e também no Brasil. Vários políticos acompanharam viagem até Balsas.
Ao chegar em Balsas, onde o prefeito Demito também decretou luto municipal, o cortejo percorreu várias ruas da cidade, acompanhada pela população até chegar à Fundação Joca Rego, tradicional estabelecimento de ensino no Sul do Maranhão, onde Rocha iniciou sua formação humanística. Durante o velório, foram celebradas missas de corpo presente. Em seguida, voltou a percorrer ruas e avenidas da cidade, parando em frente à igreja matriz Santo Antônio, depois seguindo para o cemitério onde houve o sepultamento.

Fonte: Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...