segunda-feira, 29 de maio de 2017

MA-SÃO LUIS/ SEGURANÇA
Corregedoria  vai apurar se houve exagero na operação de busca e apreensão em casa de ex-prefeito  
O Secretário de Segurança Pública do Maranhão Jeferson Portela, garante ao Deputado Federal Deoclides Macedo-PDT/MA que vai apurar de forma rigorosa, através da Corregedoria de Segurança, operação da Policia Civil na sexta-feira (26) em Porto Franco-MA que resultou em busca e apreensão, condução coercitiva e prisão do ex-prefeito Aderson Marinho Filho (o Adersinho) e quatro ex-secretários que fizeram parte da gestão do municipal entre 2013 a 2016. Foi Deoclides Macedo que deu a notícia na noite desta segunda-feira (29) ao usar as Redes Sociais para informar também que esteve com a cúpula da segurança pública em São Luis-MA.
Além da apurar a operação, a corregedoria vai assumir o controle interno disciplinar das investigações. Foi decidido também que do inquérito que será Avocado pela Delegacia Geral de Polícia Civil em São Luís para continuidade das investigações por tratar-se de ex-gestores públicos.
As denuncias que levaram a decisão judicial autorizando busca e apreensão, condução coercitiva do ex-prefeito Aderson Marinho, três ex-secretários, o ex-diretor de Fundo de Previdência e um ex-contador foi feita pela atual gestão municipal alegando que o ex-prefeito estaria suprimindo documentos públicos, que caracteriza crime previsto no Art. 305 do Código Penal Brasileiro. Na defesa que fez em seus depoimentos o ex-prefeito garantiu que os documentos encontrados na sua residencia fazem parte dos papeis integrantes da prestação de contas do exercício financeiro de 2016 que devem ser entregue por ele ao Tribunal de Contas do estado -TCE/MA.
Após ter ficado mais de 12 horas detido, o ex-prefeito Adersinho e os cinco ex-secretários foram liberados, mas, antes teve sua imagem exposta da forma mais negativa possível por blogs ligados ao atual prefeito de Porto Franco Nelson Horário e sites de notícia ligados a grupos políticos declarados inimigos do ex-prefeito Adersinho e de seu antecessor o atual Deputado Federal Deoclides Macedo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FAÇA SEU COMENTÁRIO OU ENVIE SUA RESPOSTA EM CASO DE DIREITO A RETRATAÇÃO.

IMPERATRIZ Duas pessoas morreram por causa da enchente em cidades da região Tocantina  As chuvas que caíram na região nos últimos di...